Compartilhe:

• Prefeitura constrói quatro novas escolas e amplia outras duas unidades de ensino

Publicado em 18/01/2024 - por Daniel Elias, MTB: 59.233

A rede municipal de ensino de Praia Grande passa por novo crescimento. A Prefeitura iniciou as obras para a construção de quatro novas escolas, duas delas ficarão no Bairro Melvi, uma no Real e uma no Antártica. Além disso, as EMs Estina Campi Baptista e Ronaldo Sérgio Alves Lameira Ramos, situadas no Canto do Forte e Sítio do Campo, também serão ampliadas. Com o investimento, a Secretaria de Educação (Seduc) criará 6.157 novas vagas em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Complementação Educacional.

As obras das novas escolas e ampliação de mais duas atenderão o crescimento populacional de Praia Grande. A cada ano, Praia Grande passa a contar com média de 8 a 10 mil novos moradores. As unidades estarão situadas em bairros que apresentam maior demanda nos últimos anos. O mesmo ocorre com a expansão das EMs Ronaldo Lameira e Estina Campi Baptista.

Nos últimos anos, o Bairro Melvi foi um dos que apresentou maior crescimento populacional. Para atender a demanda, a Prefeitura fará a construção de duas novas escolas. Uma atenderá alunos da Educação Infantil em turmas de Creche e Pré-Escola. Já a outra, receberá estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Somando as duas unidades, a Seduc criará 2540 novas vagas, sendo, respectivamente, 1320 e 1220.

Outro bairro que apresenta crescimento populacional, o Antártica receberá uma escola de Ensino Fundamental. O novo equipamento educacional contará com 1240 vagas que atenderá alunos do 1º ao 9º ano. A quarta unidade de ensino que será construída está situada no Bairro Real, nela, a Seduc atenderá mais 1192 estudantes, em turmas de Educação Infantil, sendo elas, Creche e Pré-Escola.

Expansão – O crescimento da rede municipal de ensino não parará com a construção das quatro novas unidades de ensino. Concomitantemente, a Prefeitura de Praia Grande realizará as obras de ampliação das EMs Estina Campi Baptista e Ronaldo Sérgio Alves Lameira Ramos. Com a expansão das duas unidades, a Seduc somará 1195 novas vagas em Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Deste total, a EM Ronaldo Lameira contará com o maior número de vagas criadas. A unidade passará a atender mais 675 alunos distribuídos em turmas do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Enquanto isso, a EM Estina Campi Baptista terá a capacidade de atender mais 520 estudantes distribuídos em Educação Infantil (359 novos alunos) e do 1º ao 6º ano do Fundamental (161).

Logística – A Secretaria de Educação não está sozinha na construção e ampliação das escolas. Todo o projeto arquitetônico dos prédios ficou a cargo da Secretaria de Urbanismo (Seurb), por meio da Subsecretaria de Projetos Especiais. As quatro escolas erguidas contarão com uma novidade. Está previsto que as unidades de ensino recebam a instalação de placas fotovoltaicas para captação de energia solar.

A tecnologia fotovoltaica consiste da conversão direta da radiação em energia elétrica. Posicionados no telhado dos prédios, os painéis absorvem os raios UV emitidos pelo sol e os convertem em corrente contínua. Essa energia captada segue até um equipamento nomeado inversor, que tem a função de transformá-la em corrente alternada, que é o tipo de sistema elétrico usado nas tomadas e lâmpadas.

Constituído por painéis, módulos e equipamentos elétricos, o sistema fotovoltaico não exige um ambiente com alta radiação para funcionar. No entanto, a quantidade de energia produzida depende da densidade das nuvens. Ou seja, quanto menos nuvens houver no céu, maior será a produção de eletricidade. Essa forma de obtenção de energia vem crescendo cada vez mais em virtude da redução dos preços e dos incentivos oferecidos para que os países adotem fontes renováveis de energia.

Processo – Além da Seurb, a Secretaria de Obras Públicas (Seop) também participará do processo de ampliação da rede municipal de ensino de Praia Grande. A Seop ficará responsável em acompanhar o passo a passo das construções das quatro escolas, bem como, a ampliação das outras duas

Voltar